Postagem em destaque

Prefeito Enelto inicia construção de pontilhão para facilitar acesso da população a cidade, crianças não vão mais precisar andar 3 Km apé para ter acesso ao transporte escolar

Nessa quinta feita (14), a Prefeitura Municipal de Sonora, por meio da Secretaria de Obras, iniciaram a construindo de um Pontilhão q...

sábado, 16 de julho de 2016

Webcelebridade que desafiava costumes do Paquistão é assassinada pelo irmão.



G1

Qandeel Baloch foi morta em casa Foto: Reprodução / Instagram

Qandeel Baloch, de 25 anos, considerada a primeira mulher a se tornar uma celebridade das mídias sociais no Paquistão graças a seus vídeos de contestação aos costumes locais, foi assassinada pelo próprio irmão, informaram autoridades do país, neste sábado. Segundo a polícia, o homicídio por ter sido um "crime de honra", pois a jovem vinha de uma família conservadora que não apoiava suas produções divulgadas na internet. As informações são do site "The New York Post".



Baloch, cujo nome real é Fauzia Azeem, possuia no Facebook mais de 700 mil seguidores. Ela recebia diversas ameaças de mortes e xingamentos por conta de seus vídeos, considerados pelos paquistaneses mais ortodoxos como escandalosos. Ela foi encontrada morta na casa em que morava, em Multan, na província de Punjab.


Qandeel Baloch
Qandeel Baloch Foto: Reprodução / Facebook


"O pai dela, Azeem, informou à polícia que o filho dele Waseem estrangulou Quandeel", informou a porta-voz da polícia local, Nabeela Ghazanfar. "Aparentemente, foi um crime de honra, mas outras investigações vão revelar os reais motivos por trás desse assassinato", acrescentou.

O suspeito pelo crime está foragido e é procurado pela polícia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário