terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Hoje dia 01/02/2017, é dia de promoções no Amigão Supermercado


          01/02/2017
                            
Banana Nanica Kg R$ 5.19 Por R$ 3.79;

                             

    

Batata Monaliza Kg R$ 1.99 Por R$ 1.79;


Cebola Nacional Kg R$ 2.49 Por R$ 1.89;


Cenoura  R$ 2.39 Por R$ 1.99

Tomate Longa Vida Kg R$ 3.99 Por Kg R$ 3.69;



Melancia Redonda  Kg R$ 1.65 Por R$ 1.29;





Jovem furta comércio no centro da cidade de Sonora




Por volta das 18 horas de ontem (30) um homem teria adentrado uma loja localizada no centro da cidade, aproveitando o momento em que o comerciante foi ao banheiro deixando no local apenas o seu filho de 12 anos.

O autor percebeu que a criança estava Sozinha e pediu ao menino um copo com água , aproveitando o momento parar furtar um aparelho celular avaliado em 1,200 (um mil e duzentos reais ) que estava em um dos balcões da loja.

O que o criminoso não contava, era que toda sua ação estava sendo filmada por câmeras internas de segurança. Ao analisar as imagens a Polícia identificou o criminoso como J.D.S.L (25), que possui várias passagens pelo mesmo crime.

Após o reconhecimento a Policia Civil realizou buscas juntamente com a Polícia militar onde seguiram, a te a casa do autor localizada no bairro Vale do correntes.

Ao avistar a viatura J.C jogando o aparelho celular em um imóvel , não tenho êxito na fuga, o mesmo assumiu o crime e foi encaminhado à delegacia junto com o aparelho celular que será devolvido a vítima. O Jovem onde irá responder por mais um crime em medidas previstas.


ALERTASONORA.

SONORA CONTRA A DENGUE...


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Puccinelli ou Simone: PMDB alega ‘nome a zelar’ e quer enfrentar Azambuja em 2018


mochi

Apesar de integrar a base de sustentação do governo de Reinaldo Azambuja (PSDB), o PMDB estuda dois nomes para disputar com o tucano as eleições de 2018. Um deles é o ex-governador, André Puccinelli, que visitou o presidente Michel Temer (PMDB-SP) na última semana, e a senadora Simone Tebet, ex-prefeita de Três Lagoas e ex-vice governadora. Segundo o presidente regional da sigla e presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Junior Mochi, logo após o carnaval, a legenda vai se reunir para iniciar as tratativas sobre as eleições para o governo do Estado.

“A ideia é que até abril a gente decida se vamos sair com candidatura própria ou vamos nos coligar. Essas são as duas opções. Com relação a nomes, claro que o do ex-governador é um desejo de todos da legenda, mas depende da vontade dele primeiramente. Quem também vamos buscar saber de seu interesse é a senadora Simone Tebet”, declarou Mochi.

Apesar da intenção em ter candidatura própria, a decisão ainda depende da vontade de Puccinelli, e, caso André e Simone, não se interessem pela vaga, o PMDB pode apoiar a reeleição de Azambuja. “Se não definirmos um nome para uma candidatura própria claro que uma coligação seria com Reinaldo, até por que não se vê outro nome”.
O discurso de Mochi é o mesmo da cúpula do partido, de recuperar o espaço perdido em Mato Grosso do Sul, nem que para isso seja necessário enfrentar o atual aliado.

“O governador sabe e sempre deixamos claro que nossa parceria é com relação as ações do governo, mas partidariamente cada um busca seu caminho. O PMDB é uma legenda forte e que tem um nome a zelar. Vamos buscar nosso espaço e caso não vejamos possibilidade sem dúvida vamos apoiar a reeleição do governador”, destacou o parlamentar. Mochi enfatizou que por mais que pareça estar longe, o objetivo é decidir até abril o rumo do PMDB, até por que, segundo ele, tem que ser definido também os candidatos dos outros cargos, de deputado estadual, federal e senador.


ALETASONORA

domingo, 29 de janeiro de 2017

EVANGELHO DO DIA 29 de janeiro de 2017 (Mateus 5,1-12)



Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.
1 Vendo aquelas multidões, Jesus subiu à montanha. Sentou-se e seus discípulos aproximaram-se dele.
2 Então abriu a boca e lhes ensinava, dizendo:
3 "Bem-aventurados os que têm um coração de pobre, porque deles é o Reino dos céus!
4 Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!
5 Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra!
6 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!
7 Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!
8 Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!
9 Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!
10 Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!
11 Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim.
12 Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós".
Palavra da Salvação

sábado, 28 de janeiro de 2017

TRABALHO:Enelto Ramos Participa de Desenvolvimento da Tríplice Fronteira onde reuniu mais de 400 pessoas em Costa Rica/MS

em  
Conhecida como a capital do algodão, Costa Rica – MS, localizada a cerca de 330 km de Campo Grande, realizou o II Circuito de Desenvolvimento pela Sudeco – Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste – em parceria com o Governo Federal, Estadual e Municipal reuniu mais de cerca de 400 pessoas, entre representantes dos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás e membros de entidades de classe. As atividades continuam no sábado (28) com apresentações da Faems – Federação das Associações Empresariais do Mato Grosso do Sul, Sicredi, ACIACRI – Associação Comercial, Industrial e Agropastoril de Costa Rica e será apresentado um caso de sucesso – pioneiro a adquirir o FCO na cidade, empresário e prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa.

Durante o encontro realizado na tarde desta sexta-feira (27) foram ministradas palestras com o renomado executivo José Carlos Grubisich, diretor-presidente da Eldorado Brasil Celulose e Papel, que abordou as Florestas no Estado e as Perspectivas de Futuro. Ao encerrar sua apresentação o prefeito Waldeli aproveitou a oportunidade e solicitou ao executivo que volte seus olhos para a região no sentido de trazer mais investimentos. O ciclo de palestras seguiu mostrando os produtos e serviços da Sudeco que auxiliam no crescimento regional, com ênfase no FCO – Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste e no FDCO – Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste. O superintendente da Sudeco, Antônio Carlos Nantes de Oliveira, enfatizou a necessidade de desburocratizar os processos para a aquisição de financiamentos pelos Fundos.

“O Banco do Brasil é o gestor dos recursos do FCO, mas a sua condução quanto à liberação do dinheiro estava equivocada. É importante que o banco facilite os tramites, o que muitas vezes não acontece, é aí que está o gargalo que estamos tentando corrigir. As regras bancárias favorecem os bancos e não os tomadores, e o FCO foi criado para ajudar a classe produtora e empresarial a desenvolver o País”, afirmou Nantes que também garantiu que buscará mudanças na legislação dos Fundos para melhor atender os clientes. O prefeito de Costa Rica (MS), Waldeli dos Santos Rosa, falou sobre a importância do evento para que a Superintendência conheça as demandas do município. “Estamos reunidos aqui hoje para dividir um pouco das nossas angústias, necessidades, e para conhecer os produtos da Sudeco, em especial o FDCO, que é menos difundido”.


Já o representante do Governo do Estado, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck, comentou o potencial do estado para realizar projetos com recursos dos FCO e FDCO. “A primeira grande ação da autarquia neste ano foi o aumento da disponibilidade de recursos pelo Fundo de Desenvolvimento para a nossa região. Acredito que temos grande potencial para consumir isso logo, além de um cenário economicamente positivo para que a Superintendência nos auxilie em boas iniciativas”, disse.

A gerente do SEBRAE/MS – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – na Região Norte Luzi Carla Souza Softov deu continuidade as palestras com uma apresentação sobre empreendedorismo e o senador Waldemir Moka encerrou o ciclo abordando o potencial da região e complementou a cobrança do superintende da Sudeco no sentido que o Banco do Brasil seja menos burocrático.

Também estiveram presentes no simpósio a deputada Federal Tereza Cristina, o ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, Cláudio George Mendonça, diretor-superintendente do Sebrae/MS, Mauricio Koji Saito, presidente da Famasul, Glaucio Zanettin Fernandes, superintendente do Banco do Brasil do MS; Marco Aurélio Santullo, superintendente Estadual da Funasa no Mato Grosso do Sul (Suest/MS), Marinho Cogo chefe de gabinete do deputado Federal Carlos Marun, Jerônimo Alves Chaves, secretário adjunto de Estado de Produção e Agricultura Familiar – SEPAF;

Agrício Braga, coordenador-geral de Gestão de Fundos e Promoção de Investimentos da Sudeco, Celso Figueira, presidente da Central Sicredi; Neverton Gomes, diretor Executivo da Central Sicredi; Jaime Antonio Rohr, presidente da Cooperativa – Sicredi Celeiro Centro Oeste; Atílio Carlos, presidente da Associação Comercial de Três Lagoas – MS, Rogério Rosalin, prefeito de Figueirão e vice-presidente da ASSOMASUL.


 No ato representando a entidade; e os prefeitos Gustavo de Melo (Alto Araguaia–MT), Mário Kruger (Rio Verde MT–MS), Jeferson Tomazini (São Gabriel d’oeste–MS), Aluísio São José (Coxim–MS Enelto Ramos Da Silva (Sonora-MS),  Edson Rodrigues Nogueira (Jaraguari–MS), José Izauri de Macedo (Naviraí–MS), José Fernando Barbosa dos Santos (Selvíria–MS), Jair Boni (Cassilândia-MS), Dalmy Crisostomo (Alcinópolis–MS), João Carlos Krug (Chapadão do Sul-MS), o vice-prefeito de Alto Taquari-MT Fabio Mauri Garbugio, e vereadores dos três Estados, bem como representantes de Sindicatos Rurais e Associações Comerciais.


AlertaSonora

Entidades pedem volta da lista do trabalho escravo; governo analisa


STF revogou decisão que suspendeu divulgação

28/01/2017 11h12 - Atualizado em 28/01/2017 11h12


Agência Brasil/MF

No Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, organizações da sociedade civil defendem a volta da divulgação do cadastro de empregadores flagrados usando mão de obra em situação análoga à escravidão, conhecido como lista suja do trabalho escravo.  Em maio de 2016, a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cármen Lúcia, atual presidente da Corte, revogou medida cautelar que suspendia por dois anos a divulgação da lista, que tinha sido solicitada por incorporadoras imobiliárias que questionavam a constitucionalidade da divulgação. Com isso, o cadastro poderia voltar a ser divulgado. A lista é publicada pelo Ministério do Trabalho, que informa ter suspendido temporariamente a divulgação, pois as normas atuais não têm assegurado o direito ao contraditório e à defesa dos incluídos na lista.

Para a diretora de Direitos Humanos da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 1ª Região (Amatra1), Daniela Muller, a criação da lista foi um avanço no combate ao trabalho escravo no país e a divulgação precisa ser retomada. Ela lembra que o cadastro foi considerado referência pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Na avaliação da diretora, a lista serve para engajar a sociedade e evitar o consumo dos produtos de empresas que usam trabalho escravo. “É muito importante que a sociedade se envolva porque os instrumentos jurídicos legais não valem nada se a população não abraça a causa. É muito importante combater esse tipo de exploração extrema, que é o trabalho escravo. E o consumo consciente, acho que é o caminho principal”, disse, acrescentando que esse tipo de exploração cria uma concorrência desleal com as companhias que cumprem as obrigações.

Barreira comercial e transparência

Para o coordenador da organização não governamental Repórter Brasil, Leonardo Sakamoto, a não divulgação da lista "contribui para o erguimento de barreira comercial não tarifária contra setores brasileiros, na medida em que torna a economia nacional menos transparente e tira um instrumento fundamental para a proteção dos negócios no exterior”.

"A lista suja facilita que uma empresa que queira saber onde está o risco de seus fornecedores possa fazer um gerenciamento de risco pontual, caso a caso, e não suspendendo a importação de um determinado produto ou criando problemas para um setor econômico inteiro. A lista suja traz informação à sociedade e ao mercado e uma economia só é saudável quando tem informação circulando livremente”, ressaltou o coordenador da organização, que atua no combate ao trabalho escravo.


Desde o final de 2014, quando a divulgação foi suspensa, a organização Repórter Brasil tem solicitado informações sobre empresas flagradas ou autuadas por trabalho escravo por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI). “Como o ministério [do Trabalho] é obrigado a fornecer a informação, nós obtivemos quatro relações a cada seis meses”, disse Sakamoto, acrescentando que a "lista paralela" tem sido usada por empresas para organizar negócios, porém é uma espécie de "remendo" e não substitui a lista oficial. A organização vem sendo alvo de processos judiciais por divulgar as informações.

Os últimos dados, obtidos em junho do ano passado pela organização, apontavam 348 empresas flagradas com uso de mão de obra escrava, a maioria atuando na pecuária, agricultura e construção civil. Conforme os dados, nos dois últimos anos, 4.102 trabalhadores foram liberados.

Ministério do Trabalho

Em nota oficial, divulgada esta semana, o Ministério do Trabalho informou que optou por não divulgar o cadastro temporariamente "por considerar que a portaria que hoje regula a formação da lista, assinada às pressas no último dia do governo anterior, não garante aos cidadãos instrumentos de efetivo exercício dos direitos constitucionalmente assegurados ao contraditório e à ampla defesa, bases sob as quais se firma qualquer nação civilizada".

Em dezembro passado, o ministério editou portaria criando um grupo de trabalho "que visa aprimorar técnica e juridicamente o modelo de produção e divulgação do cadastro, pretendendo assim dar a segurança jurídica necessária a um ato administrativo com efeitos tão contundentes".De acordo com o órgão, participam do grupo o Ministério Público do Trabalho, OAB, representantes do governo, trabalhadores e empregadores. O grupo tem até 29 de julho para apresentar uma proposta.

"Eventuais inclusões indevidas [na lista] não apenas redundariam em injustiças com graves consequências a cidadãos e empresas, gerando desemprego, como acarretariam nova judicialização do tema, comprometendo a credibilidade do cadastro, fator essencial para que o mesmo alcance os objetivos almejados", diz o comunicado, destacando que as operações de fiscalização permanecem independentemente da publicação do cadastro.


De acordo com a Comissão Pastoral da Terra (CPT), desde 1995, mais de 52 mil pessoas em situação análoga à escravidão foram libertadas. Em 2016, a comissão estimou uma redução no número de trabalhadores nessa situação libertados. A queda, segundo a CPT, pode estar relacionada à redução das fiscalizações motivada, por exemplo, por greve dos auditores fiscais. Dados da comissão mostram também o avanço do trabalho escravo nas cidades. Em 2014, os casos de trabalho escravo urbano superaram pela primeira vez os números de casos no meio rural. No ano anterior, por exemplo, 2.208 trabalhadores foram libertados no Brasil, dos quais 1.228, 56% do total, estavam nas cidades.

De acordo com as fiscalizações feitas pelas superintendências regionais do Ministério do Trabalho e Emprego, entre 1995 e 2016, 50.816 trabalhadores foram identificados em condições análogas às de escravo e libertados, resultando em indenizações no montante de R$ 92,62 milhões. O Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo foi escolhida em homenagem aos auditores fiscais do trabalho Eratóstenes de Almeida, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva, e ao motorista Ailton Pereira de Oliveira, assassinados quando investigavam denúncias de trabalho escravo na zona rural do município de Unaí (MG) no ano de 2004. A data foi oficializada em 2009.


DO MIDIAMAX

Prefeitos pedem adiamento das aulas e governo sinaliza manter calendário

MIDIAMAX

Secretário assinou protocolo que governadora disse não conhecer


Mariana Anjos
Conforme informado pela atual presidência da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), a entidade enviou ofício ao Governo do Estado solicitando o adiamento das aulas de 13 de fevereiro para o começo do mês de março. O motivo é, entres outros, a situação das estradas em vários municípios.Outro ponto enfatizado é a situação financeira difícil em que os novos gestores encontraram as cidades. Juvenal Neto (PSDB), ex-prefeito de Nova Alvorada do Sul e até então presidente da Assomasul, informou na segunda-feira dia (23), ao Jornal Midiamax que 45 prefeitos votaram sim pelo adiamento, 19 votaram não e 15 não se posicionaram.Ele relatou ainda que a associação protocolou o ofício e estão aguardando a decisão do governo se acata ou não o pedido da Assomasul. 

O ofício é assinado pelo atual presidente Juvenal Neto e pelo eleito Pedro Arlei Caravina, também tucano, que toma posse no dia 2 de fevereiro. Na cópia do ofício a que a reportagem teve acesso, a data do protocolo é do dia 17 último, mesmo dia em que a governadora em exercício Rose Modesto (PSDB) disse em entrevista coletiva que não tinha recebido nada até o momento e que o cronograma até então seguiria conforme já estabelecido. No ofício, o protocolo de recebimento está assinado e carimbado pelo secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula. Na ocasião da entrevista, Rose disse que o governo iria manter o programa que a Secretaria de Educação já havia feito, que é o início das aulas em fevereiro. “Vamos zelar pela segurança de encerrar ano letivo dentro do prazo”, frisou Rose na ocasião.

O pedido feito pelos prefeitos, é justificado pelas dificuldades enfrentadas pelos novos gestores, tanto a financeira como em relação a situação da frota escolar, estradas rurais e demais demandas necessárias ao bom andamento dos trabalhos municipais no que se refere a educação pública. A assessoria de Rose Modesto não respondeu, até o fechamento da matéria, se o governo atenderá ou não o pedido da Assomasul, agora que a associação oficializou o pedido. O governo prometeu publicar uma nota até o final da manhã do dia 23/01/2017. Até o momento nem um canal de comunicação não divulgou novidade sob o assunto,,, da nota prometida...

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

APROVEITEM AS PROMOÇÕES DA DROGARIA DOS AMIGOS!!!!

   

21° festa do Lencinho esta chegando e terá animação da dupla João Lucas e Walter Filho.


     67.99634-2450 ou 67.9632-  4526

A 21° do lencinho de Sonora esta chegando, “A Praça é Nossa” estará realizando mais uma grande evento a festa do Lencinho que esta na sua 21° edição, marcada para o  dia 11 de fevereiro de 2017 a partir das 23h, no Salão Paroquial de Sonora. Show  com a dupla João Lucas e Walter Filho, sucesso em todo o Brasil. O esquenta sera no dia 10 de fevereiro, a animação ficara por conta da dupla Alê e Osiel, a partir das 21h, na conveniência A Praça é Nossa.


Você que ainda não adquiriu seu ingresso, procura um dos postos de venda autorizado e adquire já o seu.  A festa sera realizada com o Apoio de Zelir Antonio Maggioni o (Mano), Loja  Morena Modas, Sky Vídeolocadora,  Auto Posto Pantanal e Goiás Moveis. Ingressos antecipados na Sky Vídeolocadora, Posto Avenida e Conveniência a Praça é Nossa, mais  informações na “A Praça é Nossa”, na avenida do Povo em frente ao Parque da Cidade e pelo telefone 67.99634-2450 ou 67.9632-4526.

                                                      Local que sera realizado a festa
Decisão Judicial tomada no último evento para regular entrada de menores...

Crianças até 14 anos só poderão permanecer no recinto da festa, desde que estejam acompanhados dos pais ou responsáveis. Adolescentes a cima de 14 anos até 18 anos incompletos, poderá ingressar no evento mediante apresentação de documento de identidade com foto.

TRABALHO: Prefeitura municipal de Sonora convoca a todos para um grande mutirão contra a dengue!!!!!


OBS : APOS A DATA DA COLETA PROGRAMADA, NÃO DEVERA COLOCAR LIXO OU ENTULHO PARA FORA, POIS SERA NOTIFICADO E SUJEITO A MULTA. "





A prefeitura municipal de Sonora ,através da gerencia municipal de saúde gerencia municipal de obras, CONVOCA a todos para um grande MUTIRÃO CONTRA DENGUE, para recolher toda espécie de lixo e entulhos de quintais que possam servir como criadouro para o mosquito AEDES AEGYPTI.   " LIMPE SEU QUINTAL E COLOQUE O LIXO PARA COM ANTECEDÊNCIA ,OBSERVANDO AS DATAS DE COLETA PARA A SUA REGIÃO. 1° ETAPA DA COLETA SERÁ  ENTRE AS RUAS : AVENIDA DAS CHÁCARAS E AVENIDA DO POVO DIAS 01 E 02 DE FEVEREIRO DE 2017.




2°ETAPA DA COLETA ENTRE AS RUAS: AVENIDA DO POVO E AVENIDA MARCELO MIRANDA SOARES DIAS 03 E 06 DE FEVEREIRO DE 2017. "3* ETAPA DA COLETA ENTRE AS RUAS AVENIDA MARCELO MIRANDA SOARES E RUA VIOLETA DIAS 07 E 08 DE FEVEREIRO DE 2017." A PARTIR DO DIA 1° DE FEVEREIRO DE 2017 AS PODAS E CORTE DE ARVORES ,deverão ser comunicadas ao DEPARTAMENTO DE MEIO AMBIENTE NA PREFEITURA MUNICIPAL." OBS : APOS A DATA DA COLETA PROGRAMADA, NÃO DEVERA COLOCAR LIXO OU ENTULHO PARA FORA, POIS SERA NOTIFICADO E SUJEITO A MULTA".


UZIEL SAUDÊ GRUPO WHATSAPP

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

TRABALHO: Enelto Ramos visita o prédio de serviços de convivência e escola de informática



Na manhã da última terça-feira (24), de Janeiro de 2017, o Prefeito Enelto Ramos da Silva (PMDB), esteve visitando mais um espaço municipal e em depoimento para a redação do jornal Alerta Sonora disse “Estamos Começando mais um dia de trabalho acompanhando todos os setores, e verificando todas as situações para melhorias para darmos início a essa nova caminhada que nossa querida Sonora irá começar.

-Serão necessárias várias reformas e ampliações para um atendimento de melhor qualidade para nossos queridos munícipes. Na manhã de hoje eu e a primeira dama Adenir Franco Ramos e a Gerente Municipal de Assistência Social e Trabalho,  “Rosimeire Andrade Siqueira Quadros”, visitamos o Prédio de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e também a Escola Municipal de Informática do nosso Município.


-Discutimos melhorias para melhor atendimento a nossa população que tanto necessita de carinho e respeito além de atendimento com qualidade. Quero parabenizar as equipes que estão contribuindo trabalhando incansavelmente para que, em breve, possamos garantir um atendimento com qualidade e respeito a todos os sonorenses. Precisamos dar melhor qualidade de vida conforto e comodidade para nossas crianças e idosos que vamos receber diariamente nesse local”, destacou Enelto.



Do Alerta Sonora. reeditado para acréscimo.

CAMPO GRANDE:Preso por 12 estupros caçava vítimas em bairros onde ex-mulher morava


                   Ele era soropositivo e não usava preservativo 

Publicado por: Clayton Neves e Geisy Garnes


Suspeito pelo estupro de 12 mulheres em Campo Grande, Rafael de Souza Leite, de 25 anos, preso nesta quarta-feira (25), foi apresentado na tarde desta quinta-feira (26) por equipe da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). Conforme informações da polícia, o criminoso escolhia previamente as vítimas, todas com idade entre 18 e 25 anos e praticava ‘estupros itinerantes’, sempre nos bairros para onde a ex-mulher se mudava. Ele era soropositivo e na maioria das vezes não utilizava preservativo durante o crime.

“Os primeiros estupros aconteceram no  Los Angeles onde ele morava com a mulher e dois filhos, depois da separação ela se mudou para o Bairro Aero Rancho e ele passou a fazer vítimas por lá. Em seguida, a ex-mulher foi para o Bairro Ramez Tebet e ele também passou a cometer estupros na região”, explica a investigadora Wanuza Macedo.

A suspeita em cima de Rafael começou porque desde janeiro de 2015 ocorrências de estupro na região do Jardim Los Angeles, em Campo Grande começaram a ser registradas na delegacia da mulher.  Em junho de 2016, uma das investigadoras passou a fazer um levantamento dos boletins registrados, na tentativa de encontrar ligações entre os casos.

Analisando os casos, a investigadora concluiu que a maneira de agir, a faixa etária das vítimas e as características do autor que eram descritas pelas vítimas eram as mesmas. Por causa disso, uma investigação mais detalhada começou a ser feita. Com uma lista de criminosos abordados pela Polícia Militar na região do Jardim Los Angeles em mãos, os policiais chegaram ao nome de Rafael depois de compararem cada suspeito com as características descritas pelas mulheres abusadas.

Na segunda-feira (23), uma nova vítima procurou a delegacia dizendo que havia sido abordada em um ponto de ônibus por volta das 5h40 no Bairro Portal Caiobá. Para as policiais a mulher contou que foi ameaçada e obrigada a andar até um terreno baldio onde foi abusada sexualmente e teve o celular roubado.

Ao ver uma foto de Rafael a vítima reconheceu o criminoso como autor do estupro. Diante disso ele teve pedido de prisão preventiva acatado pela justiça e foi preso na quarta-feira (25)..

De acordo com a delegada Ariene Nazareth Murad de Souza, titular da Deam, Rafael abordava as vítimas sempre no início da manhã ou no fim da noite, quando as ruas já não estavam mais movimentadas. Geralmente as mulheres eram surpreendidas próximo a pontos de ônibus.“Ele escolhia as vítimas, fazia uma observação prévia. Em um dos casos, por exemplo, ele invadiu uma casa e pulou o muro porque sabia que a vítima estava sozinha. Lá estuprou e roubou”, explica a delegada.

Pelo fato de ser soropositivo a delegada afirma que é de extrema importância que outras possíveis vítimas de Rafael procurem a delegacia para receber atendimento. “É muito importante que quem sofreu abuso denuncie. Muitas vítimas nos procuram dias após o crime e isso acaba atrapalhando. Na delegacia oferecemos todo suporte necessário”, afirma.


Para a imprensa Rafael negou os crimes e disse apenas que no último caso de que é acusado não havia sido um estupro e sim “um ato”. Questionado se havia consentimento, o suspeito afirmou limitou-se a dizer que “mais ou menos”. A delegada relata que em 2015 a Deam registrou 111 casos de estupros. Em 2016 o número caiu para 99, tendo uma redução de 11%. Com a prisão de Rafael, quase 100% dos casos de estupro deste ano foram solucionados.




DO MIDIAMAX

PARANAÍBA:Mulher é agredida depois de se negar a manter relações sexuais com ex

                               
Vítima pediu medidas protetivas
                   
                                 

Depois de sofrer várias agressões por parte do ex-marido, de 43 anos, e se separar do autor, uma mulher, de 38 anos, voltou a ser agredida e ameaçada de morte por ex-companheiro, na manhã desta quinta-feira (26), na cidade de Paranaíba distante 407 quilômetros de Campo Grande.

A vítima disse que ficou casada com o autor por 12 anos, e depois de muitas agressões, por causa, dos ciúmes do ex-marido se separou dele. Em um episódio, ela disse que estava ao celular com uma amiga e no final da conversa se despediu mandando um beijo, momento em que o autor passou a agredi-la com pontapés e socos no rosto, por achar que estava conversando com outro homem.

Nesta quinta-feira (26), o autor procurou a vítima querendo manter relações sexuais com ela, mas ao negar foi agredida e ameaçada de morte. Ainda de acordo com a mulher, o autor afirmou que iria matar o funcionário do asilo, que seria o causador do fim de seu casamento.



Brasil vence a Colômbia no Jogo da Amizade, no Engenhão



POR O GLOBO 25/01/2017 23:45 / atualizado 26/01/2017 0:20
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS DE ESPORTES

 Follmann cumprimenta jogadores da Colômbia no amistoso contra o Brasil, em prol da Chapecoense Foto: Marcelo Theobald / Agência O Globo Follmann indica futuro como atleta paralímpico: 'Esporte me deu tudo' 26/01/2017 12:30. Flávio Godinho, à direita, ao lado do presidente rubro-negro Eduardo Bandeira de Mello na apresentação de Muricy Ramalho, em 2015 Foto: Gilvan de Souza / Flamengo Flamengo diz que prisão de Godinho tem 'cunho pessoal' e Bandeira assume função 26/01/2017 11:58. Torcida do Borussia Dortmund no Signal Iduna Park Foto: Divulgação/Twitter Recado para Trump? Dortmund elogia torcida: 'Único muro em que cremos' 26/01/2017 11:31

 O lateral-esquerdo Jorge Foto: Gilvan de Souza/Flamengo Flamengo vende Jorge ao Monaco, da França 26/01/2017 11:28. Se as condições de preço, horário ou da cidade escolhida não foram as ideais para que o estádio estivesse cheio, se o dinheiro arrecadado para a Chapecoense pudesse ter sido de maior valor, se houve deslizes no comportamento dos que foram ao Engenhão, se a seleção não teve uma atuação brilhante ou se o presidente da CBF novamente se furtou a aparecer publicamente quando deveria, importa menos. O Jogo da Amizade entre Brasil e Colômbia, na noite desta quarta-feira, no Engenhão, merece ser lembrado como mais um gesto de solidariedade e homenagem pelo maior desastre do futebol brasileiro. O palmeirense Dudu fez o único gol da partida.

PUBLICIDADE

Read invented by Teads

LEIA TAMBÉM: Neymar parabeniza aniversariante Robinho

O amistoso teve um primeiro tempo morno, reverências aos jogadores sobreviventes da tragédia, que foram ao estádio, e uma vitória que recoloca o Brasil, depois de sete anos, na liderança do nem tão prestigiado ranking da Fifa. Como já se previa desde o início da semana, o público não foi grande (quase 19 mil pessoas). Numa cidade em crise financeira e de violência, é até compreensível a ausência de muitos torcedores, mas houve reprovação também pelo comportamento de quem foi ao Engenhão.

Na arquibancada, o início da partida foi protagonizado por provocações clubistas entre rivais. Uma situação natural em se tratando de um raro jogo da seleção apenas com atletas que atuam no país, mas que talvez não fosse o mais desejado num amistoso algo solene. Mas foi inevitável com a presença de Willian Arão como titular, atuando no estádio do Botafogo, clube que ele deixou de maneira litigiosa para jogar no Flamengo. Às vaias alvinegras, a turma rubro-negra respondia com provocações. Depois, prevaleceram os gritos de incentivo e o já tradicional “vamos, vamos Chape”.

DUDU SE DESTACA

Em campo, tendo feito apenas um treino antes da partida, Tite formou o time usando o mesmo 4-1-4-1 da seleção titular. Era esperado que um grupo de jogadores que jamais havia se reunido sofresse com o desentrosamento. Foi o que ocorreu. Para quem assistia à partida pela TV Globo, o entrosamento foi total entre Galvão Bueno e Rafael Henzel, o único sobrevivente entre os 22 jornalistas no voo da Chapecoense, que narraram juntos boa parte do jogo numa tabelinha emocionante, e inédita em jogos da seleção ao menos nas últimas décadas.


Dudu, à direita, autor do gol, é abraçado por Fagner, Diego Souza e Rodriguinho - Marcelo Theobald
Antes do intervalo, o Brasil só teve chance de marcar quando Diego Souza, atuando como centroavante, recuou e deu bom passe para o ponta Dudu, que entrava em diagonal mas não conseguiu concluir bem. A Colômbia ainda acertou a trave em cabeçada de Uribe.

O gol sairia logo no primeiro minuto do segundo tempo. Após tabelinha entre os corintianos Fagner e Rodriguinho, o palmeirense Dudu, destaque individual brasileiro na partida, marcou no rebote.

Tite fez as seis substituições a que tinha direito. Já sem Arão em campo, o Flamengo passou a ser representado com Diego e Jorge, que entraram no intervalo, e por Cuéllar, na Colômbia. Perto de fechar com o Flamengo, o colombiano Berrío entrou no segundo tempo, e chamou atenção ao perder um gol na cara, já aos 43 minutos. O tricolor Gustavo Scarpa e o alvinegro Camilo entraram no decorrer da segunda etapa e tiveram boa participação, se entendendo bem com Diego. O vascaíno Luan ficou no banco.

PUBLICIDADE

No fim, festa justa e bonita, e a sétima vitória em sete jogos de Tite na seleção.

BRASIL 1 X 0 COLÔMBIA

Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão), Rio de Janeiro

Árbitro: Jorge Ignacio Baliño (ARG)

Auxiliares: Lucas Andres Germanotta e Gabriel Alfredo Chade (ARG)

Público/renda: 18.695 pagantes / R$ 1.219.675,00

Cartões amarelos: Geromel e Lucas Lima (BRA), Abel Aguilar (COL)

Gol: Dudu - 1'/2°T (1-0)



EVANGELHO DO DIA 26 de janeiro de 2017 (Lucas 10,1-9)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.
1 Depois disso, designou o Senhor ainda setenta e dois outros discípulos e mandou-os, dois a dois, adiante de si, por todas as cidades e lugares para onde ele tinha de ir.
2 Disse-lhes: “Grande é a messe, mas poucos são os operários. Rogai ao Senhor da messe que mande operários para a sua messe.
3 Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos.
4 Não leveis bolsa nem mochila, nem calçado e a ninguém saudeis pelo caminho.
5 Em toda casa em que entrardes, dizei primeiro: ‘Paz a esta casa!’
6 Se ali houver algum homem pacífico, repousará sobre ele a vossa paz; mas, se não houver, ela tornará para vós.
7 Permanecei na mesma casa, comei e bebei do que eles tiverem, pois o operário é digno do seu salário. Não andeis de casa em casa.
8 Em qualquer cidade em que entrardes e vos receberem, comei o que se vos servir.
9 Curai os enfermos que nela houver e dizei-lhes: ‘O Reino de Deus está próximo’”.
Palavra da Salvação.

Prefeito Enelto lança mutirão contra a dengue







Na ultima quarta-feira (25), a Gerente Municipal de Saúde a Sra. Ivana Paião realizou uma reunião na Gerencia Municipal de Saúde juntamente com o prefeito Enelto Ramos Da Silva (PMDB) com a participação do Departamento de Vigilância Sanitária do Município, o Setor de Controle de Endemias e todos os Agentes de Saúde Municipal onde foram traçadas metas e ações de combate à dengue, Ficou acordado na mesma que será realizado um grande mutirão contra a doença.

As ações serão feitas nos bairros e centro da cidade e com orientação aos moradores e uma limpeza geral da cidade que será realizado pela Gerencia Municipal de Obras e Serviços Urbanos que recolhera toda espécie de lixo e entulho de quintais que possam servir como criadouro para o mosquito AEDES AEGYPTI que é transmissor da DENGUE; ZIKA VIRUS; CHIKUNGUNYA doenças estas que não tratadas a tempo poderão levar o paciente a óbito.
 
São importantes que todos colaborem eliminando de suas casas todos os materiais que possam acumular água da chuva, se tornando um criadouro do mosquito da dengue. É necessário também confirmar se não há nenhuma calha entupida ou vasos de plantas que acumulem água

PEQUENAS ATITUDES DENTRO DE CASA AJUDAM A COMBATER A DENGUE

Elizabeth Nader

A dengue é uma doença infecciosa aguda transmitida pela picada do mosquito Aedes Aegypti infectado. Combatê-la não é uma tarefa fácil. Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 80% dos focos de dengue estão dentro das residências. Além das ações rotineiras de combate, como o fumacê, visitas aos imóveis e monitoramento das armadilhas, a prefeitura precisa da ajuda da população para eliminar os focos. Medidas simples geram bons resultados

Como combater

·         Não deixe água acumulada sobre a laje;

·         Vire todas as garrafas com a boca para baixo, evitando o acúmulo de água dentro           delas;

·         Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance de animais;

·         Mantenha a caixa d’água bem fechada;

·         Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;

·         Mantenha bem fechados tonéis e barris d’água;

·        Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão           uma vez por semana;

·      Lavar semanalmente, principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios           utilizados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes e baldes;

·        Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.

         Fique atento aos sintomas da dengue

         A forma clínica clássica caracteriza-se pelos seguintes sintomas:

·         Febre alta, com duração de 2 a 7 dias;

·         Dor de cabeça;

·         Dor no corpo e nas juntas;

·         Dor atrás dos olhos;

·         Manchas vermelhas pelo corpo.

           Quem tem diagnóstico de dengue deve ficar atento ao surgimento dos sintomas              a seguir:

·         Dores fortes e contínuas na barriga;

·         Vômitos persistentes;

·         Sangramento por nariz, boca e gengivas;

·         Sede excessiva e boca seca.


AlertaSonora.